4 de nov de 2010



É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais...

Eu continuo aqui
Com meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você em dias assim
Dia de chuva, dia de sol
E o que sinto não sei dizer.

É tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você
E de tanta gente que se foi
Cedo demais...
E cedo demais

Eu aprendi a ter tudo o que sempre quis
Só não aprendi a perder
[...] 
Não é sempre, mas eu sei
Que você está bem agora
Só que este ano
O verão acabou
Cedo demais...


Renato Russo 

2 comentários:

Anônimo disse...

Esta maravilhoso o blog, parabéns. Sucesso. Continue assim. Abraços.

Anônimo disse...

Escrita interessante aqui, reflexôes como aqui vemos dão vida aos que analisar neste blog :/
Dá mair quantidade de este blogue, a todos os teus visitantes.